Empreender na maternidade (1)
Vida de Mamãe

Empreender na maternidade: 5 dicas para você iniciar o seu negócio

Sonhando em empreender, mamãe? Dê à luz a sua ideia de negócio – sim, mesmo se você acabou de ter um bebê.

Como qualquer outro negócio, a ideia precisa ser estruturada, colocada no papel e muito bem estudada. Sendo Mãe ou não, o planejamento estratégico precisa estar sempre em primeiro lugar, para que não tenha nenhum imprevisto, principalmente financeiro. 

Ao empreender na maternidade, o negócio se torna um filho. Precisa de cuidados, atenção, carinho, disponibilidade de tempo e responsabilidade. Você deve estar se perguntando: E tempo para tudo isso?

É por isso que a organização das horas de trabalho tem que existir. Não basta ter uma ideia brilhante se não conseguir um mínimo de tempo para se dedicar ao planejamento. Nada prospera sem atenção. Nada cresce sem cuidados. 

Por isso, preparei 5 dicas para você, Mãe, que tem vontade de empreender seja para a conquista da independência financeira e/ou para estar mais próxima dos filhos.

1 -Reserve algumas horas para dedicação total ao negócio

Reserve pelo menos 2 horas para o seu negócio. E quando eu falo “reservar” é estar por inteira. Sem filhos, sem nada que possa tirar a sua atenção.

Mas como? Você vai precisar de uma rede de apoio que tome conta do seu filho com carinho. Eu apoio muito a escola por meio período para filhos de Mãe empreendedoras que desejam qualidade de vida.

Fique pela manhã dedicada ao filho, brinque, dê atenção, curta, almoce junto e a tarde leve-o para a escola e se dedique ao trabalho. Sei bem que está pensando que não é fácil, afinal a vida não se resume somente ao filho e ao negócio, temos funções domésticas e outras responsabilidades.

Por isso a gestão do tempo é tão primordial. A tarde precisa ser produtiva. Enquanto a roupa está na máquina, você está com a atenção em seu negócio, por exemplo. Fácil? Não, ninguém falou que empreender na maternidade seria fácil.

2 – Encontros que inspiram

Participe de eventos que te inspiram. Hoje existem vários eventos pagos e gratuitos que, inclusive você pode levar seu filho. Eventos de mulheres empreendedoras sempre agregam valor.

Nestes encontros são trocadas ideias e formas para que você se coloque em ação, inovando e conseguindo apoio de outras pessoas que podem fazer uma grande diferença para seu negócio.

De nada adianta ter um negócio se ninguém sabe. Mesmo que a sua empresa ainda não esteja ativa, ter pessoas que possam lhe ajudar, seja com sugestões ou apoio moral mesmo, faz com que você se mantenha forte para superar os obstáculos e fazer desses eventos uma ponte para que seu negócio seja conhecido.

3 – Estudar sempre

Estude. Por mais que você já tenha formação e não tenha alguma forma de fazer cursos fora de casa, invista em bons cursos online. Existem pagos e gratuitos.

Existem ótimos livros que podem fazer que você dê os passos certos na caminhada do empreendedorismo. Por mais que daqui um tempo o seu negócio prospere e você possa terceirizar alguns serviços, sempre é bom você dominar o assunto. Ter o domínio de vários setores do seu negócio lhe trará segurança para seguir em frente.

4 – Caminho longo à vista

Tenha consciência que, principalmente no início, as coisas são mais difíceis. Equilibrar a vida de Mãe com a criação de uma empresa não é fácil. Talvez você tenha que abrir mão do sono (sim, mais uma vez) ou de alguma outra coisa para que tudo aconteça. Por isso se organizar e não se obrigar a lembrar de tudo sozinha é essencial.

Tenha um planner, uma agenda ou até mesmo faça uso de aplicativos para que você esvazie a sua mente, relaxe, não se cobre tanto e toda vez que quiser saber o que tem que ser feito na próxima hora ou dia, consulte. 

5 – Não esqueça da sua saúde

Cuide da sua saúde. Você vai precisar de disposição e energia para fazer acontecer. Você não é de ferro. Beba muita água, alimente-se de verduras e frutas. Faça pelo menos 30 minutos de exercícios pela manhã, antes do seu filho acordar. Exercícios liberam endorfina e lhe dão a energia necessária para você atingir os seus objetivos diários.

Determinação sempre Mamãe!

Empreender na maternidade lhe dá a liberdade de fazer os seus horários, estar com seu filho quando bem entender, além de uma independência financeira. Porém, você precisa estar determinada e atenta sempre no seu negócio. Saber equilibrar todos os setores da sua vida lhe traz a força para lidar com as diversidades e dar atenção que seu “novo filho” precisa.

Se sente insegura em dar os primeiros passos do empreendedorismo sozinha? Saiba mais sobre a Mentoria aqui.

Danielle Nunes, filha de pais gaúchos, esposa de um engenheiro, mãe do David é amante da qualidade de vida. Depois de 13 anos na área corporativa, decidiu virar a chave e mudou Porto Alegre por Floripa. Deixou para trás AP, amigos e uma vida que até então parecia ser tudo. Mas o David veio para ressignificar muitas coisas e com a mudança de cidade nasceu o Conexão Mães. Hoje ajuda mães a ressignificarem seus empreendimentos para empreenderem com qualidade de vida materna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *